• Prêmio de boias práticas 2017
  • Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Edital Agosto da Igualdade 2017
  • Banner Recadastramento do Servidor

Notícias

10/06/2017 08:00

Sepromi participa da 3º Feira Estadual da Reforma Agrária

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) participou nesta sexta-feira (9), em Salvador, da 3ª Feira Estadual da Reforma Agrária, realiza na Praça da Piedade. Organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o evento reúne uma grande variedade de produtos oriundos dos assentamentos e acampamentos de dez regiões do estado da Bahia, agregando incentivo à agricultura familiar, comercialização, programação cultural e debates variados.

As atividades serão encerradas neste sábado (10) e reúne cerca de 150 trabalhadores e trabalhadoras sem terra, oferecendo à população soteropolitana uma diversidade de verduras, frutas, hortaliças e artesanatos a preços populares. Além disso, é mais um espaço de reflexão sobre a conjuntura política e social do Brasil, através de mesas temáticas. Está sendo debatido o papel da produção de alimentos saudáveis, assim como a importância da educação popular como ferramenta de emancipação de sujeitos, dentre outras pautas.

Para a titular da Sepromi, Fabya Reis, trata-se de uma oportunidade de destacar a importância da reforma agrária como uma política de igualdade racial. “Torna-se emblemático a Praça da Piedade, que traz referências históricas da luta do povo negro, ser ocupada pelos trabalhadores e trabalhadoras rurais. Podemos dizer que o evento marca um grande encontro da luta antirracista, da luta pelo território e da alimentação saudável. O desenvolvimento sustentável é possível com a garantia da terra, incentivo a uma agricultura familiar e fomento à soberania popular de um segmento majoritariamente negro”, destacou a secretária.

Ela citou o Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa como um dos marcos legais que apontam a necessidade de garantia à população negra do direito à terra e ao território, bem como o fomento ao seu desenvolvimento econômico e cultural.

A programação cultural do evento conta com atrações musicais da capital e do interior, a exemplo do bloco afro Ilê Aiyê, cantores Rosalvo José, Wilson Aragão e Fábio Paz, além da Banda Levante, que encerra o evento neste sábado (10), às 10 horas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.