• Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Novembro Negro
  • Novembro Negro
  • Benner Novembro Negro

Notícias

22/08/2017 14:00

Sepromi destaca os 12 anos do Núcleo de Religiões de Matrizes Africanas da PM

Representantes do Núcleo de Religiões de Matrizes Africanas (Nafro) da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), que em 2017 completa 12 anos de fundação, participaram de reunião nesta terça-feira (22), na sede da Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi). A titular da pasta, Fabya Reis, recebeu a coordenadora da organização, capitã Thaís Trindade, além do sargento Evilásio Bouças, que apresentaram as ações desenvolvidas ao longo da trajetória de construção do diálogo interreligioso.

A capitã destacou que o surgimento do Nafro nasceu da necessidade de acolher integrantes da corporação na perspectiva de valorização das religiões de matriz africana e da diversidade. “Percebemos que era fundamental, além de promover a assistência religiosa, fortalecer parcerias institucionais e o estreitamento da relação com os terreiros de candomblé”, enfatizou Trindade.

Para a secretária da Sepromi, Fabya Reis, a experiência exitosa e crescimento do Nafro demostram a relevância da iniciativa. “A existência do Nafro é algo revolucionário e converge com os esforços pelo enfrentamento ao racismo e à intolerância religiosa na Bahia”, pontuou. Integrando as comemorações, ainda nesta terça, uma sessão especial acontece na Câmara Municipal de Salvador, como forma de valorizar o simbolismo e a importância da organização para a sociedade baiana. O grupo já serviu de inspiração para organizações semelhantes no Exército, Aeronáutica e na PM de São Paulo.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.