• Mutirão de Cirurgias
  • RH Bahia

Notícias

06/06/2018 15:40

Feira Nkaanda, aberta nesta quinta (7), levará produção de comunidades tradicionais ao Pelourinho

tyujtgjk

Será aberta nesta quinta-feira (7) no Pelourinho, em Salvador, a “Feira Agroecológica Nkaanda”, levando ao público produtos da agricultura familiar, artesanato, além de programação cultural e gastronômica. O evento, que acontece a partir das 9hs, na Praça das Artes, tem acesso gratuito e contará com expositores da Região Metropolitana de Salvador e do Recôncavo. A atividade é fruto de parceria entre a Associação Nacional Cultural de Preservação do Patrimônio Bantu (Acbantu) e Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), com apoio das secretarias de Desenvolvimento Rural, de Cultura (Secult) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

A Feira Nkaanda será realizada todas as quintas, no mesmo espaço, agregando a população negra rural, povos de terreiro e outros segmentos tradicionais. O projeto conta com apoio da Sepromi, através do edital da Década Internacional Afrodescendente, na linha de fomento a empreendimentos sociais e produtivos liderados pelo povo negro.

Até o final do projeto estão previstas, ainda, iniciativas como rodas de conversa, oficinas, encontros de formação e ações de fortalecimento de uma rede de etnoempreendimentos da agricultura familiar e da economia solidária, abrangendo povos e comunidades tradicionais. O trabalho também envolverá os territórios de identidade do Sertão do São Francisco, Litoral Norte e Agreste Baiano, além do Litoral Sul.

Preservação cultural e empreendedorismo


Dentre os objetivos da Feira Nkaanda está a preservação dos patrimônios culturais das comunidades e a expansão de suas atividades, aprimorando as condições de trabalho. O projeto contribui, ainda, para a ampliação de renda e melhoraria da qualidade dos alimentos e artesanatos produzidos. Com isso, também são abertas perspectivas de acesso a canais de comercialização e inclusão produtiva.

As ações contam com apoio do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), Coletivo de Entidades Negras (CEN), Rede Kôdya, Rede Awa, Associação Sol Nascente, dentre outros parceiros.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.