• Mutirão de Cirurgias
  • RH Bahia

Notícias

13/06/2018 18:00

Sepromi reforça diálogos com população do Nordeste de Amaralina

A Secretaria de Promoção de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) participou nesta quarta-feira (13), em Salvador, de uma roda de diálogos com moradores dos bairros de Santa Cruz e Nordeste de Amaralina. A ação faz parte das estratégias da secretaria para o fortalecimento da comunidade, enfrentamento às vulnerabilidades e promoção do protagonismo da população negra. A titular da pasta, Fabya Reis, participou do encontro, acompanhada de representações locais e do vereador Luiz Carlos Suíca, ouvidor-geral da Câmara Municipal.

Para a secretária, a iniciativa contribui para o avanço da relação institucional e escuta das demandas. “Nosso esforço decorre do cumprimento da missão de defesa da população negra e pela efetivação dos seus direitos. Continuaremos atuando na articulação de ações e na escuta da comunidade, colocando nossa estrutura à disposição de cada cidadão”, enfatizou Fabya Reis, solidarizando-se com as famílias e o conjunto da comunidade local, em virtude das situações de vulnerabilidade enfrentadas, inclusive com perda de entes queridos.

A secretária anunciou a manutenção do grupo de trabalho voltado à ampliação do diálogos e efetivação de ações no bairro. Atualmente, dentre as principais iniciativas voltadas à região estão o projeto “Ojutanã”, destinado ao empreendedorismo e geração de renda, com foco na confecção de roupas e paramentos de carnaval. A ação será viabilizada por meio de parceria com o Instituto Baiano da Paz, contando com financiamento do Edital da Década Afrodescendente. Ainda este ano estão previstas atividades no calendário do Julho das Pretas, Agosto da Igualdade e Novembro Negro.

No Carnaval do Nordeste de Amaralina deste ano, no circuito batizado de “Mestre Bimba”, a comunidade já havia sido atendida com serviços da Unidade Móvel do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela.

O encontro desta quarta-feira, ocorrido na sede da Associação União Santa Cruz, contou com a presença de diversas lideranças comunitárias, a exemplo de Alexandre Almeida, Edmilson Freitas, Marcelo Almeida, Joselito dos Santos, Vera Lúcia, Adriano dos Santos, dentre outras. Pela Sepromi, além da secretária Fabya Reis, estiveram presentes os assessores Ailton Ferreira, Miguel Carvalho, a coordenadora-executiva Cléia Costa, a coordenadora do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, Nairobi Aguiar.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.