• RH Bahia
  • RH Bahia

Notícias

28/12/2018 18:00

Sepromi acompanha caso envolvendo estudante da UEFS

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) informa que acompanha o caso do estudante de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Lucas Santos, conduzido a uma delegacia no último dia 20, após um engano envolvendo sua mochila, no Aeroporto Internacional de Salvador.

Segundo o relato de pessoas próximas a Lucas, ele ainda foi ofendido verbalmente e sofreu violência física pelo acusador, quando passou a filmar a situação e resolveu chamar a polícia, na condição de vítima de agressão e racismo, mesmo assim acabou detido. Após pagamento de fiança por um amigo, o jovem conseguiu liberação da unidade policial.

O caso mobilizou a equipe do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, vinculado à Sepromi, que fez contato telefônico e prestou as primeiras orientações ao estudante, também acionando órgãos do Sistema de Justiça, a exemplo do Ministério Público e Secretaria de Segurança Pública (SSP). Nos próximos dias Lucas será ouvido no Centro Nelson Mandela, inclusive com orientações jurídicas para os passos seguintes a serem dados.

A Sepromi reafirma seu compromisso em contribuir para a resolutividade do caso, colocando o Centro Nelson Mandela à disposição da população baiana para eventuais situações envolvendo racismo e intolerância religiosa. O telefone de contato é 71 3117-7448.
 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.