• Banner Novembro Negro
  • Banner Covd 19

Notícias

11/03/2020 16:40

CDCN planeja ações de fortalecimento das políticas afirmativas

O Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra da Bahia (CDCN) abriu nesta quarta-feira (11), em Salvador, um seminário de planejamento de ações para 2020, reunindo conselheiros da capital e do interior do estado. O colegiado, vinculado à Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), tem por finalidade avaliar, propor e acompanhar políticas públicas de enfrentamento às desigualdades étnico-raciais, sendo um dos pioneiros no país.

A titular da Sepromi e presidente do CDCN, Fabya Reis, informou que o esforço é estreitar, ainda mais, a atuação do coletivo junto às comunidades negras e das periferias, também pautando a gestão do Governo do Estado. “Vamos atuar, nas próximas quadras, com muita energia e intensidade de trabalho pelas políticas de igualdade racial, dialogando sempre com a população negra dos diversos territórios da Bahia”, pontuou. Ela explanou sobre as frentes de articulação de parcerias com as diversas secretarias e órgãos estaduais, tendo o PPA como instrumento balizador.

Para a vice-presidente do CDCN, Lindinalva de Paula, o encontro fortalece o trabalho de controle social e defesa dos direitos da população negra. “Estaremos concentrados, ao longo de dois dias, para avaliar e planejar as políticas de igualdade racial para o estado da Bahia. Desejamos que este planejamento possa fluir bem e que possamos pensar estratégias de enfrentamento ao racismo que atinge o povo negro de forma perversa e cotidiana”, pontuou.

Dentre as primeiras discussões do evento estavam os balanços e prognósticos da gestão da Sepromi, à luz do PPA do Governo do Estado. O primeiro dia de encontro também contou com palestra do educador e ativista Antônio Cosme Lima, falando das conjunturas das políticas afirmativas na Bahia e no Brasil. As atividades seguem até esta quinta-feira (12) com grupos de trabalho e a elaboração de plano de ação para o próximo período.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.