• Banner Novembro Negro
  • Banner Covd 19

Notícias

05/06/2020 11:30

Cadastro Cultural inclui segmentos afrodescendente, povos e comunidades tradicionais

bannersecult

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) está realizando, desde a última quinta-feira (28), a inclusão  e atualização do Cadastro Cultural no Sistema de Informações e Indicadores em Cultura, disponível em: siic.cultura.ba.gov.br/cadastro. O intuito da iniciativa é traçar um panorama dos agentes, espaços, grupos e instituições culturais dos 27 territórios de identidade baianos. Passo a passo para o Cadastro no site www.cultura.ba.gov.br.

A ação inclui diversos segmentos afrodescendentes, dos povos e comunidades tradicionais, contribuindo com a implementação do Estatuto da Igualdade Racial e de Combate à Intolerância Religiosa, instrumento que prevê o estímulo e fortalecimento da produção cultural da população negra, das atividades voltadas para a promoção da igualdade racial neste campo, para o combate ao racismo e à intolerância religiosa. A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) está atuando, inclusive, na mobilização e divulgação da iniciativa junto aos seus públicos.

O cadastro possibilitará a criação  de indicadores sobre a cadeia produtiva da cultura no estado, contribuindo no planejamento, monitoramento e avaliação das políticas públicas; na otimização dos mecanismos de fomento e no fortalecimento do processo de territorialização das ações culturais.

A plataforma funciona como um mapeamento online, dinâmico , georreferenciamento, sendo a responsabilidade da informação assumida pelo próprio usuário. Já os agentes culturais contarão com uma vitrine para difundir suas atividades e ampliar o diálogo com outros profissionais da área. As dúvidas podem ser encaminhadas no e-mail: cadastrocultural2020@cultura.ba.gov.br ou ainda por telefone no número: (71) 9 9688-1460.

Espaços da cultura afrodescendente, dos povos e comunidades tradicionais - Estão abarcados como espaços culturais: estruturas, centros artísticos e culturais de comunidades indígenas; quilombolas; dentre outros povos e comunidades tradicionais. Também contempla espaços e centros de cultura com recorte nas culturas originárias, tradicionais e populares.

Termo de Compromisso - No dia 19 de maio de 2020, a SecultBA e a Secretaria de Trabalho Emprego e Renda assinaram termo de compromisso para a criação de um cadastro de trabalhadores do campo cultural atuantes nos 27 territórios de identidade baiano.

A partir desse banco dados pode-se obter um reflexo de quantos são e como atuam esses trabalhadores dentro da cadeia produtiva da Cultura.

*Com informações da SecultBA.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.