• Banner Novembro Negro
  • Banner Covd 19

Notícias

30/07/2020 20:50

Conceição Evaristo ressalta que lutas do povo negro são cada vez mais atuais

Uma live com a escritora Conceição Evaristo mobilizou grande público nas redes sociais nesta quinta-feira (30), integrando a programação do Julho das Mulheres Negras da Bahia. O evento teve como tema “Vidas negras importam”, quando a ativista compartilhou vivências, percepções sobre desafios e caminhos de luta do povo negro. A atividade aconteceu com transmissão simultânea pelas plataformas youtube, facebook, e instagram, através dos perfis do Governo do Estado, da SPM e Sepromi, órgãos parceiros na organização da atividade.

Intercalando  falas com leituras de versos das suas principais obras, Conceição destacou que a luta histórica pela justiça social e qualidade de vida ao povo negro não se esgotou com o passar dos séculos. “A violência da colonização nas américas se perpetua”, afirmou, se referindo às desigualdades raciais expressas na ausência de condições dignas de vida para a população negra e na falta de perspectivas. “Estas são formas de fazer os corpos negros morrerem”, pontuou. “Ao falar que vidas negras importam, nós estamos denunciando isso”, completou a escritora, também lembrando as vulnerabilidades resultantes de problemas atuais, a exemplo da pandemia de Covid-19.

Para a titular da Sepromi, Fabya Reis, as reflexões e contribuições colocadas por Conceição Evaristo enriquecem os debates e bandeiras de luta da população negra, cada vez mais atuais. “É sempre uma grande honra para a Bahia ouvir esta grande potência da literatura brasileira, uma referência principalmente para a luta das mulheres negras. Este foi um importante momento de aprendizado, ecoando o Julho das Mulheres Negras e reafirmando que vidas negras importam. Seguiremos com nossas escrevivências, resistências e lutas pelo bem viver”, ressaltou.

“É um imenso orgulho para a Bahia ser agraciada com esta live-conferência, uma atividade muito marcante. A ação marca nosso compromisso com a celebração do protagonismo feminino negro. Muito importante estarmos aqui discutindo a importância da vida plena para as mulheres negras, vida com qualidade, conquistas e inserção em todos os espaços da sociedade. É a luta contra o racismo estrutural, unindo governo e sociedade civil”, pontuou a secretária da SPM, Julieta Palmeira.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.