• Edital Prof Jorge Conceição
  • Banner Novembro negro 2021
  • Banner Novembro negro 2021 campanha

Notícias

18/10/2021 17:40

Educação: Edital premiará ações focadas na cultura afro-brasileira e indígena

Uma live na manhã desta terça-feira (19) dará largada às inscrições para o Edital Professor Jorge Conceição, iniciativa inédita lançada numa parceria entre as secretarias da Educação (Sec) e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), voltada à premiação de projetos que tenham como temas a história afro-brasileira e indígena. O evento acontecerá no youtube (youtube.com/EducaçãoBahia1), a partir das 10:30h, divulgando detalhes da chamada pública que selecionará propostas elaboradas por gestores, coordenadores pedagógicos, professores e estudantes da Rede Estadual de Ensino.

A live contará com saudações institucionais, depoimentos de educadoras e outras participações que destacarão a importância da iniciativa para o enfrentamento ao racismo e a outras formas de discriminação, do respeito aos direitos humanos e construção de um ambiente escolar pluriétnica e democrático.

As premiações podem chegar a R$ 50 mil. As inscrições deverão ser realizadas até o dia 2 de dezembro, exclusivamente por formulário online que poderá ser acessado no link https://forms.gle/rnEvv4iYffLDomYQ9. O edital completo está disponível AQUI.

card jorge conceicao

Na modalidade de recursos educacionais, o prêmio poderá contemplar, por exemplo, produções literárias, revistas em quadrinhos, e-book, animação, documentário, manual, jogos educativos, criação de páginas web e cadernos de apoio à aprendizagem.

Podem ser inscritos, ainda, projetos nas temáticas de produções artísticas, saúde da população negra ou indígena, literatura, patrimônio cultural e memórias, identidades e territórios, gênero e sexualidades, empoderamento, práticas comunitárias e tradicionais, enfrentamento à intolerância religiosa, dentre outros.

Sobre o professor Jorge Conceição

Jorge Conceição foi professor titular de Geopolítica e de diversas disciplinas na UCSAL, UNEB e outras instituições de ensino, tendo atuando, também, nos cursos de pós-graduação em história da cultura africana, ocorridos no CEAO – UFBA, em 1982 e em 1986. Também era pesquisador de abordagens holísticas no campo da medicina, ecologia/sustentabilidade e arte-educação. É um dos fundadores do Coletivo de Entidades Negras (CEN).

Um dos grandes destaques na trajetória de Jorge Conceição foi, sem dúvidas, o trabalho na área da literatura infantil, com grande contribuição para a disseminação e avanço da educação antirracista no Brasil. Em 1995 lançou "O Boi Multicor", livro que traz recriações do "Boi da cara preta", trazendo, nesta história, novas concepções sobre a estética e linguagem associadas à raça negra.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.