• BANNER FAPESB
  • Banner Novembro negro 2021 campanha
  • Banner ouro negro 2022

Notícias

08/12/2021 10:00

Sepromi e Sindvigilantes alinham entendimentos sobre campanha de combate ao racismo e definem a criação de Termo de Cooperação

Nesta terça (7) a titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis, esteve reunida com o Sindicato dos Empregados de Empresas de Segurança e Vigilância do Estado da Bahia (Sindvigilantes), representado pelo presidente José Boaventura e diretores Jeferson Fernandes, Cláudio Santos e Djalma Queiroz, juntamente com a deputada estadual Maria Del Carmem, para alinhar entendimentos a respeito da campanha intitulada “Racismo Estrutural”, que foi produzida pelo Governo da Bahia.

As peças publicitárias, que fizeram parte das ações do Novembro Negro, trazem situações em que fica evidente o racismo estrutural tão comum no cotidiano. Um dos objetivos deste material é ampliar o debate sobre o tema e trazer à tona os conceitos e definições, exemplificados com base em fatos reais, denunciados no Centro de Referência Nelson Mandela.

Diante da manifestação do Sindvigilantes que, através de nota, demonstrou o seu descontentamento em relação ao conteúdo do vídeo intitulado "Banco", os representantes do sindicato foram prontamente recebidos pela secretária, que ponderou os argumentos apresentados.

O sindicato pontuou que o segmento é vítima de maneira constante da prática de atitudes racistas no exercício da sua função, o que demonstra a necessidade de amplo debate entre instituições, trabalhadores e público em geral.

Também esteve presente na reunião a advogada Maíra Vida, coordenadora do Centro de Referência Nelson Mandela, vinculado à Sepromi, que apresentou números de denúncias registradas desde 2013. A partir dos entendimentos na reunião, os serviços do centro serão intensificados junto à categoria, sendo oferecidos à categoria apoio nas áreas jurídica, de assistência social e de psicologia.  

A secretária Fabya Reis informou que o material da campanha passará por ajustes técnicos e de conteúdo pela agência responsável por sua elaboração. A peça, portanto, será revista e terá veiculação de mídia interrompida o mais breve possível.

A secretária propôs a formalização de uma parceria entre Sepromi e o Sindvigilantes, por meio da criação de um termo de cooperação, no qual pautará junto às empresas para que elas ofertem treinamentos e capacitações referentes às relações étnico raciais e promoção da igualdade racial aos membros da categoria.

O tema em questão é emblemático e seu debate incentiva ainda mais os esforços pelo enfrentamento ao racismo estrutural, presentes historicamente na sociedade. A Sepromi reitera o seu profundo respeito e admiração pela categoria, renovando o compromisso do Governo do Estado na manutenção do amplo diálogo, contra qualquer tipo de discriminação, por igualdade racial e justiça.

Salvador-Bahia, 7 de dezembro de 2021.

Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi)

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.