• BANNER FAPESB
  • Banner Novembro negro 2021 campanha
  • Banner ouro negro 2022

Notícias

21/12/2021 14:30

Projeto oferece curso de audiovisual gratuito para juventude negra de Salvador e Macururé

Iniciativa é fruto da parceria entre organização não-governamental Raso da Catarina e Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia

A organização não-governamental Raso da Catarina está com inscrições abertas, até o dia 30 de dezembro, para o curso de formação em audiovisual, de forma totalmente gratuita. O projeto é voltado a jovens negras e negros e tem carga horária de 94 horas. Serão duas turmas de 15 alunos, uma em Salvador e outra no interior do Estado, no município de Macururé. Durante o curso, que será realizado de modo presencial, os jovens terão aulas de produção, roteiro, direção, operação de câmera, edição, confecção de vídeos, além de uma palestra especial sobre a condição do negro dentro da sociedade.

Para solicitar o formulário de inscrição, os interessados devem encaminhar e-mail para ongrasodacatarina@gmail.com. Podem participar do curso jovens negros e negras com idades entre 15 e 29 anos, regularmente matriculados na rede pública de ensino, residentes em Salvador ou Macururé. Outro pré-requisito é que os participantes sejam beneficiários de projetos de assistência social do Governo Federal.

Em Salvador, as aulas vão ocorrer de 3 de janeiro a 18 de fevereiro de 2022, na Rua das Laranjeiras, 16, 1º Andar, no Pelourinho. Em Macururé, as atividades serão realizadas entre os dias 7 de março e 23 de abril, na Escola Municipal Navarro de Brito, localizada no Centro da cidade.

Sobre o curso

Batizado de “A Ilha”, o curso foi criado com o objetivo de ser “uma ilha de oportunidades na área do audiovisual”. Além dos conteúdos teóricos, durante a formação os alunos produzirão vídeos promocionais, com foco em empreendedorismo negro, além de cards de divulgação para redes sociais que serão doados para empreendedores negros e negras que tenham negócios com sede na Bahia. As atividades do final de curso beneficiarão 40 empreendedores negros do Estado.

O projeto é fruto da parceria entre a ONG Raso da Catarina e a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia (Sepromi), através do Edital Bahia Década Afrodescendente – Edição 2021, com base nas ações previstas no PPA 2020-2023, e nas estratégias de enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus. Para garantir o distanciamento social e contribuir para contenção da disseminação da COVID-19, um rigoroso protocolo será adotado durante as aulas presenciais, obedecendo orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Sobre a ONG Raso da Catarina

A organização não governamental Raso da Catarina nasceu em 2014, com o propósito de dirimir e combater a pobreza no semiárido baiano em todas as suas dimensões, em todas as suas frentes. Nasceu com o objetivo de ser uma organização para desenvolver ações e ajudar a implantar políticas públicas que corroboram com este propósito. Fomentar a educação, a cultura, a igualdade racial e a igualdade de gênero.

Nascida no território de Itaparica, tem sua sede principal no município de Macururé, a sexta cidade mais pobre da Bahia, trazendo em seu nome um marco do território baiano: o Raso da Catarina, reserva ecológica que margeia o município de Macururé, rica em diversidade da flora e da fauna do bioma caatinga.

Serviço

O quê?
Curso de audiovisual gratuito “A Ilha”

Quando?
Inscrições entre até 30 de dezembro

Quem pode se inscrever?
Jovens negros e negras entre 15 e 29 asnos de Salvador e Macururé, matriculados na rede pública de ensino e beneficiários de programas de assistência social do Governo Federal.

Onde?
As aulas ocorrerão de modo presencial em Salvador e Macururé

Informações e inscrições:
ongrasodacatarina@gmail.com
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.