• Mutirão de Cirurgias
  • Programa de Estágio
  • RH Bahia

Década Internacional Afrodescendente

Em Assembleia Geral, a Organização das Nações Unidas (ONU), por meio de sua Resolução n. 68/237, de 23 de dezembro de 2013, proclamou a Década Internacional Afrodescendente, para o período entre 1º de janeiro de 2015 e 31 de dezembro de 2024, com o tema “Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento”.

O principal objetivo é promover o respeito, a proteção e a garantia de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais dos afrodescendentes, como estabelecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Também é uma oportunidade para reconhecer a contribuição significativa feita pelos afrodescendentes às nossas sociedades, bem como propor medidas concretas para promover sua inclusão total e combater todas as formas de racismo, discriminação racial, xenofobia e qualquer tipo de intolerância relacionada.

A Bahia na Década

O estado foi o primeiro do Brasil a aderir oficialmente à proposta. O decreto que cria a Década Estadual Afrodescendente foi assinado, no dia 21 de setembro de 2015, pelo governador Rui Costa e pela secretária de Promoção da Igualdade Racial, Vera Lúcia Barbosa, com presença da ministra de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Nilma Lino Gomes.

CLIQUE AQUI E ENVIE SUAS CONTRIBUIÇÕES.

Documentos:

Decreto que institui a Década Estadual Afrodescendente 

Carta da Bahia para a Década Internacional Afrodescendente

Diretrizes para a Institucionalização das Políticas de Igualdade Racial e do Controle Social

Decreto nº 16.404/2015

Marcas:

Selo da Década Estadual Afrodescendente (PDF) - Vertical

Selo da Década Estadual Afrodescendente (PNG) - Vertical


Selo da Década Estadual Afrodescendente (PDF) - Horizontal

Selo da Década Estadual Afrodescendente (PNG) - Horizontal


Selo da Década Estadual Afrodescendente (EPS) - Vertical e Horizontal



Recomendar esta página via e-mail: